Área restrita para assinante do CLUBE CORREIO FRATERNO.



  • Narrow screen resolution
  • Wide screen resolution
  • Auto width resolution
Assinante do CLUBE

Assinaturas

assine_correio

Enquete

Você assina algum jornal ou revista espíritas?
 

Saiu no Correio


selo correio 50

 

Espaço do Leitor


Saiba
aqui como publicar seus textos no Correio Fraterno

 

Livro de Visitas

 

livro-de-visitas

Passatempo

Confira as respostas do  passatempo do jornal

Newsletter

Cadastre-se e receba as principais notícias

Campanha SORRIA

sorria_e_compartilhe_alegria

Home Nossas Seções Arte em versos Concurso de Poesias FLESB 2012 - Segundo e terceiro lugares
Concurso de Poesias FLESB 2012 - Segundo e terceiro lugares PDF Imprimir E-mail

Terceiro lugar:

Extremos

Autor: Juarez Machado


EXTREMOS I

Quem alma arredia e esquiva
Das lições do bom pastor
É tal um barco à deriva
Sem norte, sem remador

Renúncia desprendimento
Quem doou dos dotes seus
Já sorveu do cálice bento
Já comunga entre os de DEUS

EXTREMOS II


Quem na escola da humildade
Um dia foi reprovado
Deve rematricular-se
Para um novo aprendizado
E assim assimilando
Da lição toda a essência
Sentirá no coração,
Aplausos... da consciência

Por ser o orgulho fulígens
Que denigrem a sensatez
Remonta o homem às origens
Um troglodita outra vez
A humildade entretanto
Tal o bálsamo que alivia
É dentro d’alma o acalanto
É um perfume que inebria.



Segundo Lugar:

Espectros de Luz

Autora: Suca


Qual estrela que desliza num imenso planetário,

Viajando sem destino, sou errante solitário.
Das galáxias faço parte, cintilando na vastidão...

No torvelinho do meu ser estou só na escuridão.
Nesse infinito espaço cósmico, não há onde fixar-me

Vago ao léu no meu descanso; no vazio fiz meu lar.
Se esperam que de mim, haja brilho incessante,

Angustia-me o desejo de apagar-me um instante...
No espaço desse tempo, não vislumbro meu espaço.

O meu brilho é a moldura, que emoldura  meu cansaço.
O que de mim não se percebe é a luz  tênue que me guia.

Ofuscando o peregrino, que já enxerga o que não via.
No espetáculo do Universo, cá estou eu no apogeu

Podendo agora, que sou tudo, também ser nada, apenas eu.
Desejo algoz.... desejo infame...

Não me permite que o clame.
Ainda posso no silêncio, bradar aquilo que não sou.

Não mais fugir do meu repúdio, de ver em mim o que restou.
Assim eu sigo orbitando, entre meus sonhos a vagar...

Sonho ser Sol, e ter a Lua... para meus sonhos afagar!



 

 

Conheça os livros da editora

correio fraterno 

 

carrinho

LANÇAMENTO

tem espiritos escuro
 

A esperta Laurinha pergunta sem medo sobre os temas espíritas em mais uma nova série de histórias bem-humoradas que também ensinam além de fazer rir.  

 

Autora: Tatiana Benites
ISBN: 978-85-98563-94-7
14 X 21 cm - 104 páginas 

 

Por: R$ 20,90

LANÇAMENTO

saude e vida
 

 Num minucioso estudo, o neurocirurgião explica  que a doença é consequência de uma luta emocional contínua, entre o querer, o poder e o dever.

 

 Autor: David Monducci

ISBN: 978-85-98563-92-3
14 X 21 cm - 384 páginas 

 

Por:R$ 35,91