Área restrita para assinante do CLUBE CORREIO FRATERNO.



  • Narrow screen resolution
  • Wide screen resolution
  • Auto width resolution
Assinante do CLUBE

Assinaturas

assine_correio

Enquete

Você assina algum jornal ou revista espíritas?
 

Saiu no Correio


selo-50anos

 

Espaço do Leitor


Saiba
aqui como publicar seus textos no Correio Fraterno

 

Livro de Visitas

 

livro-de-visitas

Passatempo

Confira as respostas do  passatempo do jornal

Newsletter

Cadastre-se e receba as principais notícias

Campanha SORRIA

sorria_e_compartilhe_alegria

Home Nossas Seções Baú de Memórias João Ramalho - 50 anos de história
João Ramalho - 50 anos de história PDF Imprimir E-mail

joaoramalhoIzabel Vitusso

A notícia da passagem dos 50 anos de fundação do Grupo da Fraternidade Espírita João Ramalho, em São Bernardo do Campo, SP, foi para mim uma grande surpresa! Não percebi que já havia passado tanto tempo!
Eu e meus irmãos éramos muito pequenos, mas tenho a viva lembrança do convívio com a família do Sr. Orlando de Sousa Brito sua esposa, dona Ruth de Souza Brito, assim como de seus filhos: Marco, Augusto, Glacus e Ana Ruth. O casal dedicou-se intensamente à fundação e ao desenvolvimento das atividades da casa, que chega aos cinquenta anos com uma lista de atividades de proporções expressivas no movimento espírita da cidade e região.
Papai passava todo domingo cedo pela construção, acompanhando o prédio que se erguia para a sede do Grupo, que iniciou de maneira provisória na própria garagem da família Souza Brito.
Sr. Orlando era médium de efeitos físicos e, juntos, numa época com poucas frentes de trabalho de assistência, o casal se desdobrava para atender aos pedidos de socorro que vinham de todo lado. Iam quase sempre tarde da noite. O carinho e a vibração acolhedora do sr. Orlando ninguém esquece! Ele foi também um dos grandes incentivadores da fundação do jornal Correio Fraterno, em 1967.
Nascido em São João da Boa Vista (1924 – 1982), ele chegou ao espiritismo em 1949, depois da perda de seu pai. Morou em diversas cidades do interior de São Paulo, onde acabou por fundar também centros espíritas. Segundo a obra Movimento da Fraternidade, de Célio Alan Kardec de Oliveira, naquele mesmo período, iniciava-se um movimento intensamente emanado pela espiritualidade, sensibilizando expoentes do meio espírita, com foco primeiramente em Belo Horizonte. Mensagens chegavam através de médiuns de excelente reputação, trazendo a ideia deste movimento de caráter nacional, que fortaleceria a chama da fraternidade do movimento espírita do Brasil. Célio ressalta que o médium Chico Xavier foi um desses intermediários, com mensagens que psicografara no Centro Espírita Oriente, na capital mineira, que tinha à frente Jair Soares. Muitos nomes se juntam a esta história, como Américo Rafael Ranieri, Amaury Guerra, Fábio Machado, Ênio Wendling.
Um suceder de acontecimentos foi ajudando a dar forma àquele ideal que denominaram Movimento da Fraternidade.
Um deles foi o fato inusitado. Altas horas da noite, o sr. Jair Soares recebeu em sua casa três pessoas embaixo de chuva torrencial. Chegavam do Rio de Janeiro, pedindo desculpas pelo adiantado da hora, dado o atraso do trem. O amigo Ranieri insistira que procurassem pelo sr Jair, na certeza da hospedagem. A ideia dos três era seguir viagem logo cedo para a cidade ao lado, Pedro Leopoldo, MG, para conversar com o médium Chico Xavier.
Mas ao olhar para a esposa do sr. Jair, Irmã Ló, um dos três visitantes, o hoje reconhecido médium Peixotinho, logo disse: "Agora percebi o porquê de nossa presença aqui no lar. Vejo o espírito Scheilla a dizer-me que a irmã é muito querida e está precisando de tratamento". Irmã Ló estava profundamente doente, vitimada por um câncer, fato que poucos sabiam.
Orientados pela espiritualidade, eles permaneceram na cidade e iniciaram uma série de reuniões de materializações, com notáveis fenômenos de efeitos físicos. Reunindo médiuns de rara capacidade de trabalho, outras reuniões foram se estabelecendo para o socorro através dos recursos espirituais. No caso da Irmã Ló, ela se curou e ainda trabalhou por mais de vinte anos.
As reuniões de efeitos físicos permaneceram por muito tempo como uma característica nos Grupos de Fraternidade que foram surgindo pelo Brasil, todos vinculados à Oscal, Organização Social Cristã André Luiz, com a bandeira da fraternidade sempre à frente. O Grupo João Ramalho, citado inicialmente, é um deles. Além de todas as atividades de uma casa espírita, todos eles trabalham num projeto em comum: a Cidade da Fraternidade. Criada no Alto do Paraíso, GO, a Cifrater mudou a realidade da região, quando há mais de cinquenta anos foi levantada, com foco na assistência às crianças órfãs.
Centenas delas passaram a ter a oportunidade de educação e desenvolvimento muito além do campo material. Falando assim, tão rápido, fica a impressão de que tudo foi conseguido sem percalços, num passe de mágica. Não foi!
Necessitou de muito trabalho e determinação daqueles que entenderam o que é servir à causa Maior, num projeto de grandes dimensões, envolvendo espíritas de todo o Brasil.
E é para lá que todo ano jovens dos Grupos de Fraternidade do Brasil vão no período do Carnaval, para realizar o grande encontro: COMEMOFRA - Confraternização das Mocidades Espírita do Movimento da Fraternidade. Estudam, trabalham e vivenciam uma realidade muitas vezes diferente da que possuem. Bebem em fonte de água cristalina, capaz de despertar em cada um o potencial transformador para a construção do mundo que sonhamos, o da verdadeira fraternidade instituída entre os homens.

Fonte bibliográfica:
Movimento da Fraternidade, Célio Alan Kardec.
A revelação da Chave, Raymundo Rodrigues Espelho, EME.

 


correiofraterno479 capa internetPublicado no jornal Correio Fraterno Edição 479 janeiro/fevereiro 2018

 

Conheça os livros da editora

correio fraterno 

 

carrinho

LANÇAMENTO

ex lio

J.W.Rochester revela com sua reconhecida veia literária os bastidores das paixões que rondam a vida de ciganos e saltimbancos no início da Era Moderna. Tudo gira em torno do Grand Circo Monteverdi, onde Rosalva viverá inesquecíveis desafios.

 

 

 

 Autora: Arandi Gomes Teixeira

Espírito J.W. Rochester

 

ISBN: 978-85-98563-97-8
16x23 cm
  496 páginas

 

R$ 39,90


 

Correio nas redes sociais


issuu-logocute-twitter-logo

logo-youtube

facebook