Área restrita para assinante do CLUBE CORREIO FRATERNO.



  • Narrow screen resolution
  • Wide screen resolution
  • Auto width resolution
Assinante do CLUBE

Assinaturas

assine_correio

Enquete

Você assina algum jornal ou revista espíritas?
 

Saiu no Correio


selo-50anos

 

Espaço do Leitor


Saiba
aqui como publicar seus textos no Correio Fraterno

 

Livro de Visitas

 

livro-de-visitas

Passatempo

Confira as respostas do  passatempo do jornal

Newsletter

Cadastre-se e receba as principais notícias

Campanha SORRIA

sorria_e_compartilhe_alegria

Home Nossas Seções Análise A mediunidade de Teresa de Ávila
A mediunidade de Teresa de Ávila PDF Imprimir E-mail

teresaPor Altamirando Carneiro

No livro Os santos que abalaram o mundo, de René Fülöp-Miller, tradução de Oscar Mendes (José Olympio Editora, 1948), há um capítulo interessante sobre Santa Teresa.
Cognominada A Santa do Êxtase, fenômeno que ela descrevia como "um voo para o alto, que se efetua no interior da alma com a velocidade de uma bala disparada de uma arma", Teresa de Cepeda y Ahumada, ou madre Teresa de Ávila (ou Teresa de Jesus), foi uma religiosa e 'mística' espanhola, reformadora da Ordem das Carmelitas e doutora da Igreja. Nascida em Ávila, em 1515, desencarnou em Alba de Tormes, em 1582, e foi canonizada em 1622, quarenta anos após a sua desencarnação.

O escritor Fülöp-Miller salienta que "na vida extraordinária desta santa os acontecimentos naturais cruzam-se sobre esferas sobrenaturais, as ordens terrenas e celestes se misturam, visões emergem da percepção, o som de vozes humanas foi absorvido pelos chamados celestiais e a frágil forma humana serviu, em momentos de êxtase, de nave da abundância divina". Ou seja, madre Teresa era uma grande médium.
Explica Allan Kardec, no livro dos médiuns, capítulo 14, que toda pessoa que sente a influência dos Espíritos, em qualquer grau de intensidade, é médium e que essa faculdade é inerente ao homem. Pode-se dizer que todos são mais ou menos médiuns, embora, usualmente, essa qualificação se aplique somente aos que possuem uma faculdade mediúnica bem caracterizada.
Segundo Fülöp-Miller, "Madre Teresa escreveu o que tinha aprendido na quieta solidão de sua cela, fora da confusão do tempo e do espaço, para além do dogma e da demonstração racional, para além de sua própria compreensão e da percepção dos seus sentidos. Descreveu as visitas de seu invisível Senhor e anotou a Sua vontade, que Ele lhe comunicava em palavras inaudíveis".
Grande Espírito! "Por meio de Teresa, a Igreja aprendeu uma vez mais que o Cristo era uma realidade viva, esse Cristo que os discípulos viram na estrada de Emaús, que Saulo de Tarso encontrara no caminho de Damasco...", enfatiza.
Segundo informações da contracapa do livro Perdoo-te (LGE Editora), da médium e grande vulto do espiritismo na Espanha, Amália Domingo Soler, o Espírito que ditou os escritos a Eudaldo Pagés, que os transmitiu a Amália, embora identifique-se como Íris, era madre Teresa de Ávila. Em vidas anteriores, segundo a explicação do texto, ela teria sido Madalena. As comunicações aconteceram em Gracia, na Espanha, de 18 de fevereiro de 1897 a 23 de novembro de 1899. Eudaldo ditava, Amália transcrevia.
Os relatos do Espírito antecedem à existência de Madalena, quando fizera parte de uma civilização que teria existido na Atlântida. Um dos últimos capítulos fala sobre sua reencarnação como uma revolucionária religiosa. Observa o texto: "Nominá-la em um livro espírita causaria demasiado impacto há cem anos? E quanto a elucidar que as visões e transes de madre Teresa eram simplesmente manifestações mediúnicas?".

 

Palavras de luz

O livro Instruções psicofônicas1 traz o relato de diversos espíritos que se comunicaram através de Francisco Cândido Xavier, na década de 1950, dentre eles Teresa de Ávila. Abaixo, um trecho da mensagem recebida:

Por muito se adiante a alma no tempo, há sempre tempo para que a alma reconsidere a estrada percorrida, abastecendo-se de esperança no amor daqueles a quem ama, assim como o viajante no mar provê a si mesmo de água doce, a fim de seguir à frente. "Há tempo de semear e tempo de colher", diz nossa experiência da Escritura. E, se juntos partilhamos a promessa, não seria justo olvidarmo-nos uns aos outros no dia da realização.
"Deixai crescer reunidos o trigo e o joio, até que venha a ceifa", recomendou por sua vez o Senhor. Entretanto, a palavra de sua Sabedoria não nos inclina à indiferença. E, lembrando-a, não curamos de ser o trigo porque hoje nos vejamos fora do escuro sedimento da carne e nem insinuamos sejais vós o joio por permanecerdes dentro dela. Recordamos simplesmente que todos trazemos ainda no campo das próprias almas o joio da ilusão e o trigo da verdade, necessitados da mercê do Celeste Cultivador.
Irmãos, não é apenas por regalar-se o espírito na confiança que se lhe descortinarão as portas da vida glorificada, mas sim por se lhe acendrarem o conhecimento e a virtude, através do trabalho bem sofrido e da caridade bem exercitada. Outrora, buscávamos a paz na quietude do claustro (...). Hoje, porém, dispomos de suficiente luz para o caminho e não seria lícito permutar o pão da sabedoria pelo fel da loucura.
Enquanto os séculos de sombra e impenitência se escoam no pó do mundo, preparai nesse mesmo pó, erigido em tabernáculo de carne, os séculos futuros (...). Enalteçamos o sacrifício, aprendendo a renunciar para possuir, a perder para ganhar e a morrer para viver. Que o Senhor seja louvado. — Teresa de Ávila

1- "Palavras de luz", espíritos diversos, FEB.

 

Altamirando Carneiro é escritor e jornalista.

 

Publicado no jornal Correio Fraterno, Edição 474 - março/abril 2017

 

Conheça os livros da editora

correio fraterno 

 

carrinho

LANÇAMENTO

ex lio

J.W.Rochester revela com sua reconhecida veia literária os bastidores das paixões que rondam a vida de ciganos e saltimbancos no início da Era Moderna. Tudo gira em torno do Grand Circo Monteverdi, onde Rosalva viverá inesquecíveis desafios.

 

 

 

 Autora: Arandi Gomes Teixeira

Espírito J.W. Rochester

 

ISBN: 978-85-98563-97-8
16x23 cm
  496 páginas

 

R$ 39,90


 

Correio nas redes sociais


issuu-logocute-twitter-logo

logo-youtube

facebook