Área restrita para assinante do CLUBE CORREIO FRATERNO.



  • Narrow screen resolution
  • Wide screen resolution
  • Auto width resolution
Assinante do CLUBE

Assinaturas

assine_correio

Enquete

Você assina algum jornal ou revista espíritas?
 

Saiu no Correio


selo-50anos

 

Espaço do Leitor


Saiba
aqui como publicar seus textos no Correio Fraterno

 

Livro de Visitas

 

livro-de-visitas

Passatempo

Confira as respostas do  passatempo  do jornal

Newsletter

Cadastre-se e receba as principais notícias

Campanha SORRIA

sorria_e_compartilhe_alegria

Home Nossas Seções Quem pergunta quer saber! Onde estão gravadas nossas lembranças?
Onde estão gravadas nossas lembranças? PDF Imprimir E-mail
Escrito por Ademir Xavier   

espirito-memoriaLi em A gênese que o espírito forma o seu perispírito dos fluidos ambientais e que seus elementos variam conforme os mundos. Como o perispírito pode guardar os registros de suas experiências se ele se modifica? Onde ficam nossas lembranças? – Stênio Rocha, Ponta Grossa, PR.

 

O ser humano é um ser de natureza dual, essencialmente formado por um princípio material e um princípio espiritual, unidos por uma substância ainda de natureza material: o perispírito. Essa substância forma um segundo corpo, que reveste o espírito, dando-lhe uma forma e permitindo inclusive que, ao desencarnar, ele possa continuar a interagir sem grandes mudanças com relação ao ambiente a que estava habituado a agir quando encarnado.

É importante que se lembre que aquilo que o ser é não está 'gravado' no perispírito. Todas as vontades, lembranças, desejos, aspirações, medos, paixões, impressões, ressentimentos, amores e memórias encontram-se intimamente registrados no espírito ou elemento espiritual.

A figura a seguir mostra o esquema de um Espírito desencarnado, formado por perispírito e espírito, unidos por uma região comum onde ocorrem mútuas influências. O espírito contém em si mesmo as memórias, as paixões e a personalidade integral do ser. O perispírito possui forma, geometria e cor, estando sujeito à influência externa do ambiente que lhe é próprio e que se modifica conforme suas impressões. Conforme o espírito evolui, ele opera modificações nesse ambiente de acordo com o que sente e pensa, provocando consequentemente alterações no perispírito, sem perder aquilo que aprendeu e conquistou ao longo do tempo.

A mudança do perispírito não fará com que o espírito mude. Ao contrário, é o espírito o agente de mudança no perispírito. Se assim não fosse, bastaria modificar o ambiente ao seu redor para que ele melhorasse ou piorasse, o que estaria em desacordo com o princípio do livre-arbítrio, sobrepondo-se às escolhas do Espírito.
O perispírito, portanto, 'reflete' seu ambiente externo e é 'modulado' pela mente (espírito) que o corporifica. Veja mais em http://eradoespirito.blogspot.com.br

 

Fonte: A gênese, Allan Kardec, caps. 13 e 14, FEB.

 

Conheça os livros da editora

correio fraterno 

 

carrinho

LANÇAMENTO

mesopotamia-capa
 

 Romance mediúnico clássico, em que o próprio rei assírio conta sobre seus enganos e arrependimentos três mil anos depois de ter levantado o maior império da Civilização Antiga.

 

 Autora: Dolores Bacelar

(Epírito Josepho)

 

ISBN: 978-85-98563-95-4
14 X 21 cm - 728 páginas 

 

R$ 39,90


Correio nas redes sociais


issuu-logocute-twitter-logo

logo-youtube

facebook